LGBTfobia

Governo russo pede pra cidadãos não serem homofóbicos FORA DA RÚSSIA

Pedro HMC

Em um aviso bizarro e reconhecendo a homofobia institucionalizada em seu próprio território, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, emitiu um comunicado pedindo aos cidadãos da Rússia para não serem homofóbicos quando estiverem em viagens internacionais, seja de férias ou a trabalho.

As diretrizes, segundo o governo, servem para evitar que turistas russos ao redor do mundo causem confusão e ofendam cidadãos de países onde a diversidade sexual diferente da padrão é tolerada, ao contrário da Rússia. Em outras palavras, o governo russo está dizendo: “Fora da Rússia, não seja um babaca homofóbico e preconceituoso como a gente se permite ser aqui dentro”, não é mesmo?

As recomendações do Ministério citam países como França, Dinamarca e Austria, pedindo aos russos que não sejam agressivos ou grosseiros com pessoas LGBT nestes locais. O Canadá também é citado como exemplo onde russos devem controlar sua homofobia: “Há uma séria preocupação com igualdade sexual no Canadá que já tem o casamento homoafetivo aprovado há muito tempo. Piadas e apelidos também não são tolerados, principalmente em cidades como Vancouver, Toronto e Montreal.”

Em um movimento oposto, o turismo da Inglaterra, por exemplo, já avisou aos seus cidadãos quando viajarem para a Rússia, para terem cuidado, pois podem correr perigo caso sejam pessoas LGBT.

A homofobia é permitida, endossada pelo governo e praticamente legalizada na Rússia. Crimes contra essa parcela da população acontecem e crescem por lá com movimentos contra a homofobia sendo constantemente reprimidos pelas autoridades. Desde 2013, uma lei aprovada pelo parlamento do país proíbe todo tipo de “propaganda gay” ou conteúdo que sugira a existência de diversidade sexual.

Recentemente inclusive, a animação A Bela e a Fera, da Disney, foi boicotada e proibida de ser passada para crianças russas por mostrar o personagem gay Lefou. Uma imagem do presidente russo, Vladmir Putin, como drag queen, usada em protestos de ativistas LGBT por lá, também foi proibida de ser mostrada no país.

A Rússia é um dos mais de 70 países onde ainda é crime ser LGBT.  Saiba mais no vídeo abaixo:

Comentários

Sobre o autor

Pedro HMC

Pedro HMC

Criador do Põe Na Roda (http://youtube.com/poenaroda) e autor do livro "Um Livro Para Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay para todos os públicos (https://t.co/VAtj115zNY). Roteirista (Adnight / Amor & Sexo / CQC / Furo MTV).