Fitness

Sexo é o único exercício que movimenta todos os músculos do corpo

Se você tiver de saco cheio de ficar perdendo tempo em academia, mas, ao mesmo tempo, estiver procurando uma maneira bacana de se exercitar, nós temos boas notícias!

Segundo estudo feito pela marca Upbeat Active, sexo é a única atividade física capaz de recrutar todos os 657 músculos do seu corpo. Todinhos!

Durante a pesquisa, eles descobriram que outras atividades cotidianas utilizam muito menos sua força muscular. Chorar, por exemplo, movimenta 17 músculos, enviar uma mensagem de texto mexe com 38 músculos, dançar envolve 133 e, para jogar golfe, 137.

“Na cama, todos os músculos são importantes. Toda a musculatura esquelética é essencial para o movimento, não importa o quão vigoroso seja. Todos os músculos autônomos (involuntários) trabalham na digestão, na respiração, na circulação e na função corporal. E, claro, os músculos cardíacos são essenciais para o bombeamento de sangue para os lugares certos”, conta o fisioterapeuta e pesquisador Mike Aunger, em entrevista para o jornal britânico The Telegraph.

O músculo bulboesponjoso, da área do períneo masculino, e o bulbo de vestíbulo nas mulheres foram apontados pelos pesquisadores como os músculos mais importantes para o sexo. São responsáveis pelas ereções masculinas e ejaculações, bem como ereções clitorianas para as mulheres e contrações do orgasmo para ambos os sexos. E, o melhor: para trabalhar tudo isso, homens e mulheres precisam se exercitam muito fazendo sexo.

Aunger destaca até que um dos 10 maiores fatores de risco para mortalidade no mundo é a falta de atividade física, de acordo com determinações da Organização Mundial da Saúde. Além disso, o sedentarismo pode aumentar o risco de morte em cerca de 20% a 30%.

“Desde o nascimento até o seu aniversário de 30 anos seus músculos são capazes de crescer mais e mais fortes. Mas, uma vez que você bateu sua 4ª década, seus músculos começam a enfraquecer. Isso pode deixar você com maior risco de lesões e menos preparado para lidar com as atividades diárias. Nunca foi tão importante manter seus músculos saudáveis”, adverte o pesquisador. Ele acrescenta que é possível perder de 3% a 5% de massa muscular a cada década vivida sem atividade física.

Forma correta de usar o sexo como atividade física

Para aproveitar os benefícios do sexo por completo, vale destacar que o estudo indica que a relação deve durar mais do que 30 minutos. Aunger ainda brinca que “45 minutos provavelmente seria melhor”. Outro ponto interessante é que o tamanho do pênis ou posição sexual não importam quando o assunto é o seu treino sexual. Neste sentido, o que vale é a duração.

E por falar em sexo…

Fonte: Minha Vida

Comentários

Sobre o autor

Nelson Sheep

Nelson Sheep

Editor-chefe no Superpride, youtuber, editor, produtor e diretor do canal Põe na Roda. Formado em Rádio e TV pela Universidade Anhembi Morumbi, trabalhou com jornalismo econômico por 6 anos e fugiu para o mundo dos blogs para estimular o pensamento dos outros. É um ouvinte de primeira.