Amor & Sexo

Quem faz sexo com frequência é mais produtivo no trabalho, revela estudo

Na semana passada, a gente te mostrou a iniciativa de um vereador que propôs uma pausa para sexo no horário de trabalho. Muita gente curtiu a ideia e, agora, a gente traz um complemento para fundamentar essa tese.

Antes de mais nada, você deve saber que sexo faz bem para a saúde, provoca a liberação de dopamina, neurotransmissor que tem relação com a parte de motivação e recompensa do cérebro, bem como a ocitocina, hormônio ligado ao prazer, certo?

Agora, uma nova pesquisa publicada no periódico Journal of Management afirma ainda que as relações sexuais fazem bem para a produtividade das pessoas.

Para entender melhor essa relação, cientistas da Universidade Estadual de Oregon (EUA), acompanharam a rotina 159 trabalhadores casados. Durante duas semanas, os participantes tinham que responder questionários diários a respeito de sua atividade sexual, noite de sono e comportamento.

Observou-se que os funcionários que praticavam relações sexuais com os parceiros relatavam um humor melhor do que o restante no dia seguinte, o que contribuia para que estivessem mais concentrados e satisfeitos ao longo do expediente. Os mesmos efeitos foram observados para homens e mulheres.

“Isso é um lembrete de que o sexo apresenta benefícios sociais, emocionais e fisiológicos, e que é importante torná-lo uma prioridade”, afirmou o pesquisador Keith Leavitt. “Dedicar mais tempo para manter uma rotina saudável de sexo deveria ser considerada uma questão de sustentabilidade e, como resultado, uma possível vantagem na carreira.”

Comentários

Sobre o autor

Nelson Sheep

Nelson Sheep

Editor-chefe no Superpride, youtuber, editor, produtor e diretor do canal Põe na Roda. Formado em Rádio e TV pela Universidade Anhembi Morumbi, trabalhou com jornalismo econômico por 6 anos e fugiu para o mundo dos blogs para estimular o pensamento dos outros. É um ouvinte de primeira.