Famosos

Preso por perseguir Madonna, homem pede indenização de US$5 milhões

Você lembra daquele bombeiro aposentado que acampou em frente ao prédio onde a Madonna mora em Nova York, em 2010? Na ocasião, o maluco ficou plantado na porta dela, segurando umas placas que diziam: “M, o universo nos uniu em 1992 e neste ano, novamente, em Praga. Venha me conhecer, por favor!”

O nome desse cara é Robert Linhart e, na época, a polícia teve que intervir, pedindo pra ele se mandar do local. Revoltado, o homem se negou a ir embora e as autoridades o colocaram na cadeia, condenado por resistência à prisão.

Mas essa história ainda não acabou. Agora em liberdade, Robert entrou com uma ação contra a cidade e a Polícia de Nova York, alegando que ter sido feito de “saco de pancadas” pelos policiais, que teriam dado uma surra nele.

Segundo relato do bombeiro, ele levou vários socos nas costas, pescoço, ombros e braços. Mas de acordo com o TMZ, Linhart está disposto fazer um acordo e retirar as acusações contra a Polícia de Nova York, desde que receba 5 milhões de dólares.

Os advogados de Robert e os da cidade de Nova York marcaram uma reunião para o dia 25 de abril, onde será alinhado os detalhes desse processo. Que coisa, não?

Comentários

Sobre o autor

Nelson Sheep

Nelson Sheep

Editor-chefe no Superpride, youtuber, editor, produtor e diretor do canal Põe na Roda. Formado em Rádio e TV pela Universidade Anhembi Morumbi, trabalhou com jornalismo econômico por 6 anos e fugiu para o mundo dos blogs para estimular o pensamento dos outros. É um ouvinte de primeira.