Política

Possível candidato à presidência, Ciro Gomes diz preferir Bolsonaro do que Doria

O site HuffPost Brasil publicou nesta quinta-feira (16), uma reportagem sobre Ciro Gomes, um dos políticos mais conhecidos do Brasil e que também é um dos mais cotados pré-candidatos à presidência da República nas eleições de 2018.

Inclusive, já se começa a falar sobre um possível apoio do PT a sua candidatura, caso o ex-presidente Lula seja condenado pela Justiça por conta das acusações que estão sendo investigadas pela operação Lava-Jato.

Com passagem por inúmeros partidos, como o PSDB, PMDB, PPS e atualmente filiado ao PDT, Ciro já foi Governador do Ceará, prefeito de Fortaleza e ministro do governo Lula.

Entre vários assuntos conversados com a reportagem, que você pode ler na íntegra aqui, nós destacamos uma parte que interfere diretamente na nossa luta LGBT e que precisamos refletir.

Ao falar sobre a representatividade do eleitor e sobre a onda conservadora que tem engolido o Brasil e revelado nomes como o deputado federal Jair Bolsonaro e o prefeito de São Paulo, João Doria, Ciro foi enfático:

Sou um democrata de verdade, sou um democrata visceral e o que as pessoas veem como uma coisa ruim, eu vejo como uma coisa boa. Se há uma parcela do eleitorado que se afina com o que o Bolsonaro interpreta, representa e diz, essa fração tem todo direito que um democrata deve garantir sem qualquer tipo de queixa de se expressar na política. Evidente que no debate, eu estando presente, vou arrancar muitas máscaras. Esse João Doria se apresentar como não político, ele está esquecido que foi presidente da Embratur no governo do Fernando Collor, ele está esquecido – e eu tenho uma memória implacável – de que a empresa dele vivia de milhões de reais de dinheiro público repassado por correligionários deles, de governo do PSDB. Isso que é não-político? Mil vezes, na minha opinião, um Bolsonaro do que um enganador desse tipo.

Na avaliação de Grasielle Castro, jornalista que assina a matéria, “embora pareça curiosa, a afirmação do ex-ministro é coerente com o atual discurso da extrema-esquerda, que nas últimas semanas tem partido em defesa do deputado Bolsonaro para atacar a direita chamada de pragmática, em especial João Doria e o MBL. Para se ter uma ideia, até mesmo Brasil 247, blog assumidamente petista, defendeu Jair Bolsonaro recentemente.”

Vídeos relacionados

Comentários

Sobre o autor

Nelson Sheep

Nelson Sheep

Editor-chefe no Superpride, youtuber, editor, produtor e diretor do canal Põe na Roda. Formado em Rádio e TV pela Universidade Anhembi Morumbi, trabalhou com jornalismo econômico por 6 anos e fugiu para o mundo dos blogs para estimular o pensamento dos outros. É um ouvinte de primeira.