ATITUDE

Mais da metade dos jovens não se identifica como heterossexual, diz estudo

Por experiência própria, principalmente pelo meu trabalho no Põe na Roda, eu tenho observado que os nossos jovens estão cada dia mais abertos em relação a sexualidade e identidade gênero. Aqui em casa, tenho uma adolescente que está nessa fase de descobrimento e experimentação que todos nós já passamos um dia. E a grande diferença é que ela e seus colegas sofrem muito menos repressão do ciclo social em que vivem, do que a minha geração já sofreu um dia. Claro, não podemos generalizar, afinal, o Brasil ainda é o país mais homofóbico do mundo, mas essa é uma realidade visível.

Dito isso, a gente encontrou um estudo feito pela ONG Ditch The Label, que entrevistou mil jovens entre 13 e 26 anos, nos Estados Unidos e na Inglaterra, sobre suas sexualidades. Do total,  57% dos entrevistados disseram não se identificar com a definição tradicional de “heterossexual”. O levantamento também descobriu que 47% deles não gostam de ser rotulados como “hétero”, “gay” ou “lésbica”.

Outros dados interessantes que a pesquisa mostrou é que 76% das pessoas não acham rótulos relevantes, dizendo que as pessoas “deveriam poder namorar quem eles quiserem”. E que 93% dos entrevistados acham que é bom explorar a própria sexualidade.

“Eu acho que dando visibilidade a pessoas que uma vez foram excluídos da sociedade passa uma mensagem clara e positiva: a sexualidade não é algo ‘sujo’ ou que deveria ser escondido”, diz Liam Hackett, fundador e CEO da organização.

E por falar nesses jovens inspiradores, se liga nesse vídeo…

Veja os vídeos mais recentes:

Comentários

Sobre o autor

Nelson Sheep

Nelson Sheep

Editor-chefe no Superpride, youtuber, editor, produtor e diretor do canal Põe na Roda. Formado em Rádio e TV pela Universidade Anhembi Morumbi, trabalhou com jornalismo econômico por 6 anos e fugiu para o mundo dos blogs para estimular o pensamento dos outros. É um ouvinte de primeira.