Não é de hoje que Stefano Gabbana, criador da super grife “Dolce & Gabbana”, se envolve em polêmicas tidas como homofóbicas. Num passado não muito distante, ele e seu companheiro, Domenico Dolce, provocaram a ira de muitas pessoas ao dizer que eram contra o direito de um casal gay adotar crianças. “A única família é a tradicional. Nada de química ou barriga de aluguel: a vida tem um curso natural, há coisas que não deveriam ser mudadas”, disseram na época.

Pois Stefano, que é assumidamente gay, voltou a provocar confusão após postar uma foto de Melania Trump, mulher do atual presidente americano Donald Trump, usando um de seus vestidos.

Um dos seus seguidores no Instagram criticou a publicação: “Triste quando um designer gay não se importa com outros grupos sendo reprimidos” publicou. Gabbana ficou irritado com o comentário e rebateu: “Não me chame de gay por favor !! Eu sou um homem!!! Quem eu amo minha vida privada !!! [Sic] “ele escreveu.

Vale lembrar que outros estilistas como Tom Ford e Marc Jacobs, se negarem a vestir a mulher de Trump devido a postura preconceituosa do novo presidente americano. Gabbana e Calvin Klein, por sua vez, preferiram ignorar o posicionamento dos colegas.

Olha a foto…

Melania Trump #DGwoman ❤❤❤❤❤ thank you 🇺🇸 #madeinitaly🇮🇹

A post shared by stefanogabbana (@stefanogabbana) on

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!