Durante esse ano, Troye Sivan se tornou um dos ativistas LGBT mais importante para a causa. Ele sempre apoiou e lutou pelos direitos da comunidade LGBT e usa sua imagem em prol disso.

O cantor de 21 anos revelou recentemente para a revista Paper Magazine que na sua época não existiam muitas personalidades gays com quem ele pudesse se inspirar ou contar.

“O leque da representação é definitivamente algo que venho tentando moldar durante toda a minha carreira. Eu lembro de ter visto um beijo gay na TV e como isso mexeu com a minha cabeça. Eu nunca tinha visto outros em anos”.

Ele ainda acrescenta que os gays que a mídia atual fala não servem como padrões para ele, já que são muito mais velhos: “Eventualmente ouvir algo sobre Ricky Martin se assumindo, ou George Michael, são alguns daqueles que eu via, e eu não conseguia me ver nessas pessoas. Eles são muito mais velhos do que eu era, e sim, era um mundo diferente. Eu estou tentando jogar limpo comigo e espero que as algumas pessoas também possam fazer o mesmo. Quero que elas se vejam em mim e pensem ‘nossa, eu sou essa pessoa!’, ou que pelo menos ela saiba que está tudo bem ser diferente.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!