Política

Relator recomenda suspensão de quatro meses para o deputado Jean Wyllys

O deputado Ricardo Izar (PP-SP) apresentou, nesta terça-feira (13), seu relatório ao Conselho de Ética Parlamentar da Câmara dos Deputados. O relator – que teve reprovadas as contas de campanhas referente às eleições 2014 – recomendou a suspensão do exercício do mandato do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) por quatro meses, pelo episódio em que ele cuspiu em Jair Bolsonaro (PSC-RJ), durante a votação da admissibilidade do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Em seu parecer, Izar argumenta que “tendo em vista o alto grau de reprovabilidade da conduta de Jean Wyllys, o representado deve sofrer severa reprimenda por parte desta Casa, restando assim clara mensagem à sociedade no sentido de que este Parlamento não admite o cometimento de infrações dessa natureza”.

Jean Wyllys não compareceu à sessão desta terça-feira (13), sendo representado por seu advogado, Cezar Britto. O advogado apresentou três vídeos com agressões verbais de Jair Bolsonaro a Wyllys, e o cuspe do também deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) em Wyllys, na mesma sessão da Câmara de 17 de abril.

O advogado reafirmou que o ato de Wyllys foi uma reação em “defesa da honra” diante de insultos e atos de “homofobia reiterada” de Bolsonaro. “Quanto tempo uma pessoa aguenta uma série de agressões como essa?”, questionou.

Britto também lembrou que a denúncia foi baseada em uma falsa premissa de premeditação do ato. A pedido do Conselho de Ética, a Polícia Civil do Distrito Federal fez uma perícia no vídeo apresentado por Bolsonaro como prova de suposta premeditação de Jean Wyllys em cuspir nele e chegou à conclusão que o vídeo foi modificado.

O deputado Júlio Delgado (PSB-MG) já anunciou que pedirá vista do relatório de Ricardo Izar, a fim de analisá-lo por mais tempo. Em princípio, o tempo regimental de vista é de dois dias úteis, mas o presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PR-BA), fez um apelo a Delgado para que a votação do texto ocorra antes do recesso parlamentar.

Veja também:

Com informações da Agência Câmara

Comentários

Sobre o autor

Nelson Sheep

Nelson Sheep

Editor-chefe no Superpride, youtuber, editor, produtor e diretor do canal Põe na Roda. Formado em Rádio e TV pela Universidade Anhembi Morumbi, trabalhou com jornalismo econômico por 6 anos e fugiu para o mundo dos blogs para estimular o pensamento dos outros. É um ouvinte de primeira.