Famosos

Justiça manda Tulla Luana tirar do ar vídeos com xingamentos a Gretchen

A internet tem suas divas. E elas são inúmeras, como Inês Brasil, Glória Maria, Ana Paula Renault… e por aí vai. E duas dessas divas resolveram tretar pra valer: a sempre rebolativa Gretchen entrou na justiça contra a auto-intitulada web-diva Tulla Luana, em uma ação judicial por danos morais após ser xingada de “puta” e outras palavras de baixo calão em vídeos que Tulla veiculou em seu famoso canal no YouTube.

E Gretchen conseguiu o que queria! O Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo (TJ-ES) deu uma decisão favorável a ex-chacrete. No processo, a defesa de Gretchen também incluiu a empresa Google – dona do YouTube – por não ter retirado do ar os vídeos em questão de Tulla e nem proibido a inclusão de novos, mesmo com as denúncias feitas pela artista.

Em uma antecipação de tutela no processo que ainda segue tramitando, a juíza Glicia Ribeiro determinou a retirada dos vídeos do YouTube no prazo de 72 horas, sob pena de multa diária de R$ 2 mil, até o limite de R$ 50 mil. A magistrada ainda decidiu que Tulla Luana não pode incluir novos vídeos com conteúdo ofensivo à honra de Gretchen, também sob pena de multa diária de R$ 2 mil, até o limite de R$ 50 mil.

Como o processo segue em andamento, o Google e a youtuber têm 15 dias para apresentarem suas contestações. Se eles não apresentarem nada, segundo a decisão, a Justiça irá presumir “como verdadeiras as alegações” de Gretchen.

“Essa mulher não se conformou em saber que, assim que inaugurei meu canal no YouTube, superei ela em número de seguidores. Desde então, ela passou a xingar a mim e minhas filhas. Todos os seguidores estavam revoltados e pediam que eu entrasse com um processo contra ela e finalmente entrei. Não pelos outros, mas por mim e minhas filhas”, disse Gretchen, em entrevista ao site EGO.

Vale lembrar que, entre outras coisas, Tulla é conhecida por dar strikes em vídeos de outros canais que falam dela. Mas, desta vez, parece que o jogo virou.

Comentários

Sobre o autor

Nelson Sheep

Nelson Sheep

Editor-chefe no Superpride, youtuber, editor, produtor e diretor do canal Põe na Roda. Formado em Rádio e TV pela Universidade Anhembi Morumbi, trabalhou com jornalismo econômico por 6 anos e fugiu para o mundo dos blogs para estimular o pensamento dos outros. É um ouvinte de primeira.