Famosos

“Já fumei maconha”, diz Cauã Reymond, ao defender legalização da erva

Em entrevista à revista Marie Claire de dezembro, Cauã Reymond fez uma declaração inusitada e que está repercutindo na internet: “Já fumei maconha”.

“Olha, esse assunto é complicado. Fico receoso de uma voz ignorante no tema como a minha tomar uma grande dimensão. Talvez o Brasil não esteja preparado, mas gosto do que aconteceu no Uruguai. Vejo a possibilidade da legalização da maconha – e não de outras drogas”, disse o ator de 36 anos.

Além de se posicionar sobre o uso da erva, Cauã também falou da conturbada crise política que vivemos no Brasil. “Venho de uma família que não era politizada, nunca teve tempo para refletir, estava procurando sobreviver. Hoje, acompanho, mas sou medroso de dizer o que penso no Brasil. Tenho a sensação de que o público não recebe bem nossas opiniões. O que posso dizer é que fico feliz em ver as pessoas sendo presas, mas triste que elas sejam soltas logo”, afirmou.

Ainda na mesma entrevista, Cauã defendeu a legalização do aborto no Brasil: “Não de qualquer forma, cada caso é um caso. Assim como sou a favor do estudo da legalização da eutanásia. Se uma pessoa não quer estar aqui, deve ter o direito de fazer.”

Veja também:

Comentários

Sobre o autor

Nelson Sheep

Nelson Sheep

Editor-chefe no Superpride, youtuber, editor, produtor e diretor do canal Põe na Roda. Formado em Rádio e TV pela Universidade Anhembi Morumbi, trabalhou com jornalismo econômico por 6 anos e fugiu para o mundo dos blogs para estimular o pensamento dos outros. É um ouvinte de primeira.