O ano de 2016 já entrou para a história como um dos períodos mais tensos pelo qual a humanidade passou. Nem chegamos em dezembro e já perdemos as contas da quantidade de pessoas importantes que morreram, celebridades que se separaram, governos que caíram, desgovernos que ascenderam ao poder, guerras que foram travadas nas ruas, em casa, nas redes sociais, no trabalho… em tudo quanto é canto.

Implacável como só ele sabe ser, o tempo não deu trégua e passou 365 dias dando na nossa cara. Uma urucubaca sem fim! O fato é que ansiamos por calmaria e 2017 tem bastante potencial para dar aquela sossegada na alma.

Se você estiver pensando em viajar para descansar ou ficar de pernas pro ar em casa, temos notícias boas. O próximo ano tem muitas datas que caem em dias próximos ao final de semana e, portanto, podem ser emendadas.

Dos onze feriados que já fazem parte do calendário nacional, dez deles caem em dias úteis e apenas um em um domingo. Entre as folgas em dias úteis, apenas uma cai em uma quarta-feira, favorecendo as “emendas”.

Se considerados esses feriadões prolongados, o brasileiro pode ficar pelo menos 15 dias úteis sem trabalhar em 2017.

Veja quando devem cair os feriados nacionais no ano que vem:

  • 1º de janeiro (domingo) – Confraternização Universal
  • 28 de fevereiro (terça-feira) – Carnaval
  • 14 de abril (sexta-feira) – Paixão de Cristo
  • 21 de abril (sexta-feira) – Tiradentes
  • 1º de maio (segunda-feira) – Dia Mundial do Trabalho
  • 15 de junho (quinta-feira) – Corpus Christi
  • 7 de setembro (quinta-feira) – Independência do Brasil
  • 12 de outubro (quinta-feira) – Nossa Senhora Aparecida
  • 2 de novembro (quinta-feira) – Finados
  • 15 de novembro (quarta-feira) – Proclamação da República
  • 25 de dezembro (segunda-feira) – Natal

Veja também:

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!