Durante a 2ª Guerra Mundial, todo militar americano suspeito de ser homossexual era mandado para São Francisco, na Califórnia. Lá, ele passava por uma avaliação feita por uma junta que decidia o seu futuro na instituição. Pra você ter uma ideia, entre 1941 e 1945, quase 10 mil militares gays e lésbicas foram “despejados” na cidade. Muitos ficaram por lá mesmo, formando a base da colônia gay mais famosa do planeta.

Houve mais uma grande migração, nos anos 70, quando a região da rua Castro ficou conhecida mundialmente como o cacófato “a Meca Gay”. Hoje, a população homossexual da cidade é de 15%, maior do que qualquer metrópole americana.

Foi lá que Harvey Milk se transformou no primeiro gay assumido a vencer uma eleição nos EUA. Em 1997, ele se tornou uma espécie de subprefeito de São Francisco, até ser assassinado friamente por um colega parlamentar.

Livre por excelência, São Francisco se tornou o berço dos direitos LGBTs e atraiu outras comunidades que também se sentiam excluídas. Como é o caso dos hippies e nudistas, que, até 2012, podiam andar completamente pelados na rua. Pra falar a verdade: eles ainda podem! Mas existem limites, que você vai conhecer agora nesse novo vídeo do Põe na Roda.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!