“Este é um pedido de desculpas do fundo do meu coração. Eu estava completamente consciente durante o filme” disse o boxeador em um comunicado após a empresa por trás do filme ter ficado furiosa sobre sua posição e decidindo entrar com uma ação legal contra Mack.

Mack inicialmente alegou que estava passando por um momento difícil na sua vida financeira quando a empresa estendeu a mão para ele no Facebook. Ele ainda chegou a confirmar que não sentia atração por homens. “Toda minha vida eu fui chamado de pegador. Eu amo as mulheres. A única vez que eu toco em um homem, é quando estou no ringe” disse ele à Philly.com.

Só que agora, ele admitiu que inventou essa história. “Eu participei deste filme adulto porque no momento eu precisava de dinheiro, mas também porque eu sou um homem bissexual. Eu gosto de desfrutar o momento com segurança com aqueles que eu quero”.

Em um comunicado divulgado na sequência da alegação de Yusaf Mack, o porta-voz da empresa disse: “DawgPoundUSA.com é uma empresa respeitável, que tem produzido vídeos de alta qualidade desde 2002. Em nenhum momento cogitamos a hipótese de drogar qualquer um de nossos modelos. Temos a inteção de tomar todas as medidas legais necessárias para proteger nosso nome e nossa reputação contra quais quer alegações falsas ou absurdas”.

A gente tem as imagens do Yusaf transando com os caras. Se você for maior de 18 anos e quiser ver, clique aqui.

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!