Diz que a Rede Globo decretou aos seus autores evitar personagens homossexuais caricatos. A emissora recebeu reclamações por esse tipo de temática e até no humor isso vem sendo deixado de lado. Como você viu aqui no Superpride, no novo ‘Zorra’, por exemplo, as piadas são feitas com personagens homofóbicos.

Agora, quem também será um homofóbico perverso é Eduardo Moscovis, com chances de ser muito pior do que o Felix (Mateus Solano) de ‘Amor à Vida’. Segundo relatos, seu personagem será um grande assassino e promete agitar a próxima novela das nove da Globo, ‘A Regra do Jogo’.

Se nas últimas novelas, os gays foram ganhando mais espaço, até mesmo em posição de vilania, mas ainda um pouco caricatos. Nas próximas, isso tende a mudar. Em ‘A Regra do Jogo’, novela que tem a missão de salvar o horário das nove horas, que foi derrubado por ‘Babilônia’, Eduardo Moscovis será Orlando, um homem misterioso e com um grande segredo para a maioria da sociedade.

Do tipo bonitão e bem sucedido, Orlando é um grande executivo de uma fábrica de remédios, mas o cargo na indústria farmacêutica seria mesmo para encobrir sua outra faceta no submundo do crime.

Caberá à Bárbara Paz novamente viver um romance com um “gay encubado”. Ela fará Nelita, uma artista plástica com problemas de humor. Orlando só estará com ela por conta do dinheiro e do status proporcionado pela família da moça, muito conhecida no Rio de Janeiro do folhetim.

Nelita nem desconfiará que seu marido tem um caso com um amante. Os dois mantém práticas homossexuais entre quatro paredes em um apartamento caído da cidade maravilhosa. Orlando não gosta de pessoas intrusas. Ele matará pessoalmente todo mundo que tentar cruzar seu caminho. ‘A Regra do Jogo’ promete ser uma novela polêmica. O objetivo de João Emanuel Carneiro é fazer a sociedade discutir sobre os seus verdadeiros valores.

Vale lembrar que nova novela é obra de João Emanuel Carneiro, responsável pelo sucesso de ‘Avenida Brasil’. Amém!

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!