Surgiu algo novo no universo dos sucos verdes e das bebidas funcionais: o carvão. O mineral se transformou no mais novo queridinho das simpatizantes da desintoxicação, por ajudar a limpar o organismo das impurezas, seja adicionado a bebidas ou em cápsulas de carvão ativado.

“Como o carvão não é absorvido pelo corpo, ele entra no organismo, atrai as toxinas e, depois, é eliminado juntamente com as substâncias do mal que vai encontrando pelo caminho”, explica Danielle Charboneau, diretora de operações da Juice Served Here, a empresa de sucos mais badalada de Los Angeles. “Esse é o seu grande benefício e a razão pela qual ele, agora, está presente em todos os nossos produtos”, continua ela.

O carvão ativado é especial, contém minúsculos poros que funcionam como uma espécie de esponja quando chegam ao sistema digestivo. É o mesmo material usado no filtro das máscaras de gás e também utilizado nas emergências dos hospitais para salvar vidas das vítimas de intoxicação e overdose de drogas. O mineral é, ainda, presença garantida e de longa data em lojas de produtos naturais, indicado para o tratamento de náuseas e ressacas.

“Basicamente, é um carbono tratado com oxigênio para criar um ímã natural para as toxinas do sistema digestivo, entre elas resíduos de pesticidas dos vegetais não orgânicos, conservantes, metais encontrados em peixes que vivem em águas contaminadas e até neurotoxinas usadas para evitar o mofo”, ensina o físicoJeffrey Morrison, fundador do Morrison Center, em NovaYork.

Charcoal-Lemonade-treated 720

A febre do carvão é recente, mas já veio à tona com força. A Juice Served Here, por exemplo, inseriu a Charcoal Lemonade (água alcalina, carvão, argila, limão e caldo de cana) em todos os seus programas de detox. A Juice Generation, de Nova York, lançou três sucos que têm o carvão como base, entre eles o Activated Greens, receita que leva, além dele, espinafre, couve, salsão, aipo, alface, maçã e pepino.

“A grande vantagem desses sucos é que você alimenta seu corpo com muito verde e ativa a desintoxicação”, diz Eric Helms, fundador da Juice Generation. Ele sugere tomar a bebida – que contém duas colheres de chá de carvão ativado – diariamente. Já Shiva Rose, criadora do blog de lifestyle naturalista thelocalrose.com, garante que despejar cápsulas de carvão em um copo de água durante viagens ajuda a acalmar o estômago após um jantar pesado. Ou pode ainda destruir possíveis traços de bactérias na água.

A gente descobriu que tem uma galera que já estão utilizando o carvão para evitar os efeitos da ressaca, combatendo enjoos e desidratações. O carvão não absorve o álcool, mas ajuda a eliminar outras toxinas. No Brasil, as cápsulas podem ser encontradas em lojas de produtos naturais, em algumas farmácias ou pela internet. Mas, afinal, essa nova mania representa uma revolução na saúde? “É uma poderosa arma”, diz Donald D. Hensrud, médico da Mayo Clinic, em Rochester, Minnesota. Ele alerta, entretanto, para o fato de não haver, até o momento, dados que apontem os reais benefícios do carvão no processo de desintoxicação do organismo. E não há nada que justifique sua utilização com essa finalidade.

Ainda assim, Morrison defende o uso do carvão, porém, de forma sensata e controlada (leia-se: não todos os dias).“O melhor é ingerir o carvão naqueles momentos em que você sente que seu organismo precisa de um bom detox”, afirma ele, que recomenda uma dose de 500 miligramas da pílula depois de uma noite de muita comilança ou de excessos alcoólicos.“Vale também para manutenção geral de tempos em tempos”, diz.

 

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!