parada-gayO deputado Comte Bittencourt, presidente do PPS apresentou emendas para beneficiar o combate contra toda forma de preconceito no Orçamento do Estado do Rio de Janeiro de 2014. As emendas foram sugeridas por Eliseu Neto, dirigente municipal do partido, membro do Comitê LGBT Carioca e coordenador do núcleo LGBT do PPS e destinarão R$ 1,5 milhão para um programa que irá enfrentar toda forma de preconceito:

Crianças, adolescentes, idosos, LGBTs, pessoas com deficiência, pessoas atingidas por doença estigmatizada, vítimas de intolerância religiosa, de preconceito racial, mulheres, vítimas de violência e preconceito, pessoas em vulnerabilidade social e econômica, egressos do sistema prisional, profissionais do sexo, turistas e imigrantes vítimas de xenofobia, pessoas em sofrimento psíquico, população carcerária e familiares, ou seja, todas as vítimas do preconceito, da discriminação, intolerância, desrespeito, abusos e maus tratos, negligência e abandono.

Mesmo fazendo oposição ao Governo Cabral, Comte e Eliseu Neto, acharam que o RIO precisava fortalecer o combate contra o preconceito e que a Coordenadoria de Diversidade Sexual do militante Carlos Tufvesson com seu excelente trabalho, merecia o apoio e finalmente verbas do legislativo.

Que essa parceria suprapartidária continue e mais politicas de enfrentamento ao preconceito sejam elaboradas. Coisa boa vem pela frente.

comteeliseu

Encontrou algum erro no post? Fale pra gente!