O depoimento emocionante de uma mãe brasileira que perdeu o filho para a homofobia

Reportar erro

15 de fevereiro de 2012 às 11:04

Marlene Xavier é mais uma das tantas mães brasileiras que tiveram seus filhos arrancados de seus braços por causa da homofobia. Em 2012 faz 10 anos que seu filho foi brutalmente assassinado, simplesmente por ser gay.

Dona Marlene deu seu depoimento para a campanha “Mães Pela Igualdade”. No vídeo ela conta que o assassino confessou em seu depoimento: "Não suporto homossexuais". Os assassinos estão em liberdade.

Emocione-se com o vídeo e contribua com o abaixo-assinado que está lutando pelo fim da violência contra pessoas LGBT no Brasil.

Deixe seu comentário